INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE 31/08/2020

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Alexandre Groszmannz  alexandre.gros@vallya.com

Destaques do Dia Leilão dos terminais de celulose em Santos (SP) arrecada R$ 505 milhões: no primeiro leilão de ativos de infraestrutura incluído no Pró-Brasil (que ainda não foi oficialmente lançado) o governo federal conseguiu arrecadar R$ 505 milhões em outorgas com as concessões dos terminais de celulose no Porto de Santos, STS14 e STS14A. O grupo Eldorado Brasil Celulose arrematou o terminal STS14 com o lance de R$ 250 milhões. Já o terminal STS14A ficou com o consórcio Bracell SP Celulosa Ltda por R$ R$ 255 milhões. As empresas vencedoras ofereceram maior valor de outorga e ganharam direito de administrar as áreas por 25 anos. Juntos, os terminais terão investimentos previstos da ordem de R$ 420 milhões, incluindo acessos rodoferroviários, e vão render R$ 110,9 milhões para a Santos Port Authority (SPA), autoridade portuária que administra o porto. Os terminais pagarão dois valores de arrendamento à SPA ao longo dos 25 anos de contrato: um fixo e um variável. No STS 14, serão R$ 199.512,51 mensais e R$ 1,72 por tonelada movimentada. No STS 14A, serão R$ 170.238,20 e R$ 1,46, respectivamente. Governador anuncia programa de investimentos Pró-Piauí: o Governador Wellington Dias (PT) afirmou que o programa contará com três eixos: Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Econômico e Modernização do Estado. Dentro do eixo de Desenvolvimento Econômico, está o Pró Piauí Infraestrutura, que prevê intervenções em rodovias, mobilidade urbana, barragens e adutoras, entre outras obras. O investimento estimado é de R$ 2,5 bilhões, com expectativa de geração de 50 mil novos postos de trabalho. O eixo de Desenvolvimento Econômico também conta com o segmento Pró Piauí Investimento, voltado para atração de investimentos privados por meio de PPPs nas áreas do agronegócio, energia renovável, linhas de transmissão e a ferrovia Transnordestina, com previsão de investimentos na ordem de R$ 14 bilhões até 2022 e expectativa de geração de 40 mil novos empregos. Entre as próximas parcerias previstas para contratação estão a das Miniusinas Solares, do Centro de Convenções, do Porto de Luís Correia e a 2ª etapa do Piauí Conectado, com investimentos estimados de R$ 3 bilhões.  PPP das Miniusinas Solares será licitada na terça-feira: o Governo do Piauí realiza, na terça-feira (1), a partir das 9h, a sessão de licitação da PPP para a implantação de oito miniusinas de energia solar fotovoltaicas (5Mw cada) em cidades piauienses, divididas em quatro lotes, com o objetivo de atender ao consumo de energia elétrica de órgãos e entidades da administração pública. A expectativa é que a PPP das Miniusinas resulte em uma economia de mais de R$ 7 milhões por ano nos gastos do Estado com energia elétrica. Essa energia será injetada na rede da concessionária Equatorial e será implantado um sistema para gerenciar e compensar a energia produzida e a consumida pelos órgãos da administração estadual. A previsão total de investimentos da iniciativa privada no projeto é de cerca de R$ 175 milhões ao longo dos 25 anos do contrato.  Metrô de SP rompe contrato da Linha 17 – Ouro: a empresa Constran Internacional Construções, que havia assumido em outubro de 2019 após outro consórcio ser afastado por descumprimento de prazos, teve seu contrato cancelado. O cancelamento se deu pela decisão em segunda instância que acatou argumentos dos concorrentes do edital, Coesa Engenharia Ltda. e Consórcio Paulitec-Sacyr. A construção da Linha envolve cinco contratos – um para o pátio de manutenção, três para construção de nove estações, e o principal, que contempla trens, vias e sinalização. O contrato que foi rompido, conforme divulgado no Diário Oficial do Estado de SP, tem como objeto a construção do futuro pátio Água Espraiada, e das estações Congonhas, Brooklin, Jardim Aeroporto, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro e Churcri Zaidan, além do recapeamento e implantação de ciclovia na Av. Jornalista Roberto Marinho.  Prefeitura de Nova Friburgo marca nova data para licitação de transporte público: após o fracasso do último certame, considerado deserto, a prefeitura remarcou a data de licitação da concessão do transporte público por ônibus no dia 15 de outubro. O processo prevê que cerca de 80 linhas urbanas sejam divididas em dois lotes que poderão ser operados, cada um por uma empresa diferente. A outorga mínima do lote 1 será de R$ 5.490.313,92 e do lote 2, R$ 6.026.398,56, com prazo de concessão de 10 anos.  Movimentação em rodovias da CCR em patamar de estabilidade: após sucessivas semanas de recuperação na movimentação de veículos em trechos sob gestão da companhia, os indicadores da 4ª semana de agosto apresentaram leve queda, com redução de 6% em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado foi influenciado pela piora na movimentação de veículos de passeio (- 20,3% ante – 19,4% da semana anterior) e de veículos comerciais (5,3% ante 6,2% da semana anterior). O destaque positivo ficou por conta do trecho MSVia que apresentou movimentação 4,1% acima em relação ao mesmo período do ano passado. Nesta mesma base de comparação, o destaque negativo foi a ViaOeste, com queda de 9,6%.  Movimentação portuária mostra crescimento de granel líquido e gasoso: a movimentação de cargas em portos brasileiros (toneladas) divulgada pela Antaq ilustra o bom momento de cargas de granel líquido e gasoso, apresentando aumento de 11,79% em junho deste ano em comparação com o mesmo período do ano anterior, levando o acumulado do ano para um crescimento de 15,74%. Por outro lado, a movimentação de graneis sólidos apresentou queda de 0,94% em junho, interrompendo o crescimento vigoroso dos últimos meses. A movimentação em junho de carga geral (- 8,51%) e carga conteinerizada (- 7,96%) impactaram negativamente o resultado do mês. Considerando todos os segmentos, o mês de junho apresentou crescimento tímido de 0,60% em relação ao mesmo período do ano passado. O acumulado do ano está 4,37% acima em relação a 2019.


Outras notícias

  • O Senador Carlos Viana (PSD-MG) afirmou que Belo Horizonte receberá cerca de R$ 1 bilhão para o financiamento da Linha 2 do metrô, Calafate/Barreiro. Os recursos são provenientes de indenizações recebidas pelo governo federal da Ferrovia Centro Atlântica (FCA). Ainda de acordo com o Senador, os recursos darão o fôlego necessário para finalização das obras da Linha 2 e, consequentemente, a privatização da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) torna-se viável, dado que atualmente a empresa é deficitária e pouco atrativa para o mercado. 

  • O Governo do Estado do Piauí pretende realizar a concessão do Centro Administrativo de Teresina ainda este ano. Com os trabalhos de reforma, modernização e gestão dos prédios, a expectativa é que a quantidade de secretarias funcionando no espaço aumente de 12 para 22. A projeção de investimentos da iniciativa privada nesse projeto, ao longo dos 30 anos de contrato, é de mais de R$ 168 milhões. A expectativa é que essa concessão resulte em uma economia mensal de R$ 3 milhões aos cofres públicos estaduais.

  • A empresa Sifanmg, parte do grupo CRRC, desponta como forte candidata na concessão das Linhas 8 – Diamante e 9 – Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A vantagem competitiva da empresa está na capacidade de entrega dos trens, dado que outras empresas do setor consideram muito curto o prazo de 12 meses previsto para o início da entrega dos 30 novos trens. Vale ressaltar que o edital ainda não foi lançado, ou seja, é passível de mudanças, principalmente se for constatado a probabilidade de judicialização do certame por conta deste quesito.

  •  A empresa que assumir a concessão do Metrô-DF pelo prazo de 30 anos (gestão, operação e manutenção dos serviços) poderá escolher quais funcionários pretende incorporar aos seus quadros. De acordo com a Semob, todos os direitos trabalhistas dos atuais empregados serão respeitados, e os funcionários terão a opção de trabalhar para concessionária, continuar nas atividades remanescentes da companhia ou serem aproveitados em outros órgãos e autarquias governamentais. 

  • A Infraero está promovendo, até o dia 10 de setembro, consulta ao mercado às empresas interessadas na exploração de áreas comerciais nos aeroportos de Santos Dumont (RJ) e Congonhas (SP). 

Painel Infra Mensal




Painel Infra Semanal




Painel Ações



Painel Apple




Painel Google



Referências

  • CCR: Tráfego nas rodovias cai 0,5% (br.advfn.com)

  • PPPs de iluminação geram disputa entre investidores (guarulhosweb.com.br)

  • Minfra: a busca é por agente com expertise em administração portuária para Codesa (portosenavios.com.br)

  • Pró-Brasil terá mais de 430 projetos; em 2020 deverão ser gastos R$ 6,5 bi (jdia.com.br)

  • Leilão arrecada R$ 505 milhões com concessões no Porto de Santos (jornalpp.com.br)

  • Fala de Doria sobre ‘capitalização’ da Sabesp derruba ação (valor.globo.com)

  • PPPs de iluminação geram disputa entre investidores (em.com.br)

  • Para impedir aumento de tarifa, Senado analisa R$ 4 bi para transporte público (douradosagora.com.br)

  • Senador confirma verba de R$ 1 bilhão para metrô de BH e prefeito comemora: 'Vamos aguardar' (g1.globo.com)

  • País já tem projetos de compensação de emissão de carbono - Economia (economia.estadao.com.br)

  • Governo do Estado retoma PPP do Centro Administrativo nesta 2ª -feira (meionorte.com)

  • Governo do Estado retoma PPP do Centro Administrativo (cidadeverde.com)

  • PPPs de iluminação geram disputa entre investidores (msn.com)

  • Justiça está perto de homologar acordo que libera R$ 1 bi para o metrô de BH (otempo.com.br)

  • Governo federal arrecada mais de R$ 500 milhões com leilões de terminais de celulose (revistafatorbrasil.com.br)

  • Empresa chinesa seria favorita para assumir as linhas 8 e 9 da CPTM, diz jornal (viatrolebus.com.br)

  • PPPs de iluminação geram disputa entre investidores (economia.estadao.com.br)

  • Guedes: É a política que define o ritmo das reformas (jmonline.com.br)

  • Pró-Brasil terá mais de 430 projetos; em 2020 deverão ser gastos R$ 6,5 bi (congressoemfoco.uol.com.br)

  • Governador detalha investimentos de R$ 5,7 bilhões do Pro Piauí II (meionorte.com)

  • Manaus terá 100% de LED até o final deste ano’, garante o prefeito Arthur Neto (parintinsamazonas.com.br)

  • PPPs de iluminação geram disputa entre investidores (terra.com.br)

  • Wellington Dias anuncia a criação de novo plano de investimentos para Piauí (portalaz.com.br)

  • Governo de Mato Grosso aposta em ferrovias para baratear frete; entenda (primeirahora.com.br)

  • Metrô de SP rompe novamente contrato para obras da Linha-17 Ouro do monotrilho, (g1.globo.com)

  • Empresa que assumir Metrô-DF poderá escolher empregados que ficarão na estatal (metropoles.com)

  • Edital será lançado em setembro para reforma do Centro de Convenções (diariodepernambuco.com.br)

  • PPP das miniusinas de energia solar será licitada na terça-feira (meionorte.com)

  • Minirreforma do setor portuário: O que esperar? (conjur.com.br)

  • MS firma parceria com BNDES em programa de concessão dos parques estaduais (folhadedourados.com.br)

  • Mourão sugere que indígenas pressionem Congresso em favor de mineração em suas terras (g1.globo.com)

  • Petrobras planeja logística para atender mercados onde não terá mais refinarias (tribunadonorte.com.br)

  • Governo arrecada mais de R$ 500 milhões com leilões de terminais (correiobraziliense.com.br)

  • Leilão rende R$ 505 milhões e prepara Porto de Santos para privatização (agazeta.com.br)

  • Licitação do transporte público já tem nova data (avozdaserra.com.br)

  • Leilão de terminais de celulose no Porto de Santos arrecada R$ 505 milhões (poder360.com.br)

  • Leilão de terminais rende R$ 505 mi e prepara Porto de Santos para privatização (istoedinheiro.com.br)

  • Leilão de terminais rende R$ 505 milhões e prepara Porto de Santos para privatização (economia.estadao.com.br)

  • Prefeitura de Nova Friburgo marca nova data para licitação do transporte público (odia.ig.com.br)

  • Movimentação de carga cresce 247% no Porto de Ilhéus em 2020 (g1.globo.com)

  • Sinfra apresenta balanço de obras e ações de infraestrutura à Assembleia Legislativa (primeirahora.com.br)

  • Leilão de terminais rende R$ 505 mi e prepara Porto de Santos para privatização (dgabc.com.br)

  • Tráfego nas rodovias da CCR cai 0,5% de 21 a 27 de agosto (valor.globo.com)

  • Infraero consulta mercado para concessão de áreas em aeroportos (nominuto.com)

  • Infraero consulta mercado para concessão de áreas em aeroportos no RJ e SP (br.advfn.com)

  • Corsan anuncia investimentos bilionários para o RS (oaltouruguai.com.br)

  • Licitação da PPP das Miniusinas de Energia Solar será na terça-feira (1º) (180graus.com)

  • Sessão de licitação da PPP das Miniusinas de Energia Solar será na terça-feira (portalaz.com.br)



Copyright © Vallya 2020, Todos os direitos reservados.

Posts recentes

Ver tudo

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 26/11/2020

João Pedro Boskovic Cortez | joao.cortez@vallya.com Alexandre Groszmann | alexandre.gros@vallya.com Destaques do Dia Porto de Santos tem ciclo de obras pré-desestatização: em meio aos estudos iniciai

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 25/11/2020

João Pedro Boskovic Cortez | joao.cortez@vallya.com Alexandre Groszmann | alexandre.gros@vallya.com Destaques do Dia ANAC aprova reequilíbrio econômico-financeiro em concessões de quatro aeroportos:

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 24/11/2020

João Pedro Boskovic Cortez | joao.cortez@vallya.com Alexandre Groszmann | alexandre.gros@vallya.com Destaques do Dia Guedes faz mea-culpa e diz que governo “vai para o ataque” com privatizações e ref

 

CONTACT VALLYA

BRASÍLIA

SHIS QI 11
Conjunto 10 Casa 7

 

Lago Sul

Brasília - DF

 

+55 61 3364.0955

PEQUIM

Rm1810, Scitech Tower

 

22 Jianguomenwai

 

Pequim

China

 

+86 10 8511 3729

PORTO ALEGRE

Rua Prof. Langendonck, 57
6° andar

 

Petrópolis

Porto Alegre - RS

 

+ 55 51 3331.5004

Grupo Vallya 2020. Todos os direitos reservados.