top of page

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 25/03/2024

Destaques do Dia

25/03/2024

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com


Governo de São Paulo lançará concurso arquitetônico para o Novo Centro Administrativo: Na próxima quarta-feira (27), o Governo do Estado de São Paulo lançará o concurso para que arquitetos apresentem propostas para o Novo Centro Administrativo, que será no bairro Campos Elíseos, região central da capital paulista, que já abrigou o governo paulista. A atual gestão apresentará as diretrizes básicas do projeto que deverão ser seguidas pelos profissionais, o projeto é uma parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB). De acordo com o planejamento inicial, as secretarias, autarquias e empresas públicas serão transferidas para um conjunto de prédios entre a Praça Princesa Isabel e o Palácio dos Campos Elíseos. O projeto será realizado por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), que deverá custar cerca de R$ 4 bilhões. A versão final do edital será publicada no próximo ano. Segundo estudos iniciais, o período para a conclusão das obras será de quatro anos. A proposta faz parte de um programa de medidas destinadas à revitalização do Centro da capital. Entre outros benefícios, estão os ganhos de eficiência no serviço público e economia de despesas, uma vez que a proximidade física auxiliará na integração dos órgãos estaduais. Atualmente, a administração paulista ocupa cerca de 60 imóveis com área total de 807 mil m², mais que o triplo dos 280 mil m² consideram como necessários pela atual gestão. Além dos órgãos da administração, o projeto do governo prevê espaços para restaurantes, lojas e outros serviços. A projeção é atrair R$ 500 milhões em investimentos para a construção de moradias de médio padrão e de interesse social nas proximidades do novo centro administrativo. (Estadão)


Governo da Paraíba publica edital de licitação para obras da Ponte do Futuro: Nesse sábado (23), o Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos, publicou no Diário Oficial, o edital de licitação das obras do Complexo Rodoviário que conectar os municípios de Cabedelo, Santa Rita e Lucena. Os investimentos estimados neste projeto totalizam R$ 578 milhões, que serão custeados pelo próprio estado. Conforme o edital, as empresas ou consórcios especializados interessados em executar a obra devem apresentar proposta comercial até o dia 26 de junho. A expectativa é de que a obra seja concluída no último trimestre de 2026. A Ponte do Futuro será uma obra importante, que beneficiará o complexo rodoviário e a logística do Porto de Cabedelo. Além de auxiliar na mobilidade da região, o projeto criará novos postos de trabalho diretos e indiretos. A construção representa uma importante intervenção urbana e no desenvolvimento econômico, pois eliminará gargalos no tráfego e promoverá o turismo no Litoral Norte do estado. (Governo do Estado da Paraíba


Leilão no setor de saneamento básico deve movimentar R$ 3 bilhões: A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) realizará um leilão de Parcerias Público-Privadas (PPPs) que tem potencial de movimentar o mercado de saneamento básico. Neste ano, até o momento, está é única a concorrência de grande porte do setor com data marcada. Ao todo, estão estimados mais de R$ 2,95 bilhões em investimentos. A data definida para o leilão foi o dia 21 de maio, na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo (SP). Entre os grupos que poderão participar da licitação estão as empresas: Aegea, Perfin e Kinea, Iguá, Acciona e a GS Inima. Segundo analistas, grupos com atuação em infraestrutura, mas ainda sem presença no setor de água e esgoto, poderão participar da disputa. Serão licitados os serviços de esgoto em três blocos de municípios paranaenses: Lote 1– 36 cidades da região Centro-Leste, com o valor de R$ 935 milhões; Lote 2– 48 municípios da região Oeste, com obras de R$ 1,33 bilhão e o Lote 3–28 cidades na zona Oeste, com intervenções estimadas em R$ 688 milhões. Na disputa, vencerá quem oferecer o maior desconto sobre a remuneração paga à concessionária, que é calculada por metro cúbico de esgoto medido. Uma empresa só poderá levar dois ou três lotes desde que não haja outros proponentes. A expectativa é que em 2024 tenha início uma nova onda de licitações de saneamento. Além do leilão da Sanepar, será realizado o leilão de Sergipe, que tem o apoio do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Está é uma licitação aguardada por grandes operadores, uma vez que demandará um volume expressivo de recursos: o contrato prevê R$ 6,25 bilhão de investimentos e o leilão deverá ter como critério o maior valor de outorga. (Valor Econômico)


Indicadores ferroviários apontam queda na atividade em 2024:  De acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional de Transportes Terrestre (ANTT), no mês de fevereiro, a movimentação nas ferrovias concedidas reduziu em-3,87%, em relação ao mês de janeiro de 2023.


Concessionárias

Na mesma base de comparação, os indicadores de movimentação ferroviária apontam redução de atividade para as seguintes concessionárias: Transnordestina (-22,14%), Vale (-15,63%) e MRS (-8,28%). Por outro lado, as seguintes concessionárias registraram aumento na movimentação: Ferroeste (+140,82%), VLI (+66,39%), Rumo (+20,32%) e FTC (+1,87%). Ao comparar ao mesmo período do ano anterior, foi observada uma variação positiva na movimentação das concessionárias no valor de +6,70%. As concessionárias que apresentaram maior aumento foram: Ferroeste MRS (+17,16%), FTC (+12,89%), Rumo (+6,88%), VLI (+4,43%) e Vale (+3,94%). De outro modo, as concessionárias Ferroeste (-8,06%) e Transnordestina (-2,83%) registraram redução no fluxo de cargas transportadas. No acumulado de 2024, em relação ao mesmo período de 2023, a movimentação ferroviária das concessionárias apresentou aumento de +11,10%. Assim, as concessionárias com o maior nível de atividade foi a MRS (+25,31%), seguido pela Rumo (+12,69%), FTC (+10,00%), Ferroeste (+8,75%), Vale (+7,91%) e VLI (2,58%). Já a Transnordestina registrou quedade-0,33% na movimentação em 2024.


Insumos monitorados

Em relação ao mês imediatamente anterior, foi identificado comportamento similar ao das concessionárias, ou seja, houve redução de-2,35% na movimentação de insumos. Os produtos com menor movimentação foram: Milho (-98,75%), Açúcar (-24,00%), Minério de Ferro (-14,81%), Outros (12,90%) e Contêiner (-0,60%). Em contrapartida, foi identificado o aumento no transporte dos seguintes produtos: Soja (+529,35%), reflexo da colheita da safra, que ocorre nos meses de janeiro e fevereiro, seguido pelo Farelo de Soja (+17,76%), Óleo Diesel (+3,81%) e Celulose (+3,38%). Ao comparar ao mesmo período de 2023, os produtos transportados monitorados apresentaram variação positiva de +6,61%. Os seguintes insumos apresentaram crescimento: Açúcar (+96,81%), Contêiner (+18,95%), Celulose (+13,21%), Farelo de Soja (+7,01%), Outros (+6,74%), Minério de Ferro (+6,47%) e Soja (+2,55%). Em contrapartida, houve a redução na movimentação dos seguintes insumos: Milho (-88,72%) e Óleo Diesel (-0,31%). No acumulado do ano anterior, os produtos monitorados obtiveram aumento de +11,26%. As maiores altas do ano foram para os seguintes insumos: Açúcar (+70,53%), Contêiner (+25,03%), Farelo de Soja (+14,28%), Outros (+13,9%), Minério de Ferro (+11,82%), Celulose (+7,04%), Soja (+4,39%) e Óleo Diesel (+3,16%). De outra forma, o Milho acumulou redução na movimentação de -18,79%.  



Outras notícias


  • Em abril (22), o Governo do Estado de Sergipe deverá publicar o edital de concessão do transporte público da Região Metropolitana de Aracaju. Neste momento, uma consulta pública está aberta para obter sugestões em relação ao projeto, os interessados devem encaminhar suas considerações até o dia 05 de abril. O contrato está estimado em R$ 7,5 bilhões, considerando o período de 20 anos, que poderá ser prorrogado por até cinco anos. No dia 15 de abril, representantes das prefeituras envolvidas, do Consórcio Metropolitano e do Governo do Estado vão se reunir para avaliar as sugestões obtidas via consulta. Assim, no dia 22 de abril o edital será publicado. (Diário do Transporte)

  • Hoje (25), o Governo do Estado do Paraná, por meio da Loterias do Estado do Paraná (Lottopar), assinará o contrato de concessão comum de exploração da modalidade lotérica instantânea do estado. Após a análise documental, as empresas Prohards Comércio, Desenvolvimento e Serviços em Tecnologia da Informação Ltda. e ST Soft Desenvolvimento de Programas de Computadores Ltda foram convocadas para a assinatura do Termo de Credenciamento. Na sequência, as empresas devem comprovar a capacidade operacional, bem como apresentar as garantias de execução do contrato e o pagamento da outorga fixa, no valor de R$ 15 milhões por empresa habilitada. As empresas interessadas na concessão realizarão o pagamento de outorga fixa e a cerimônia de assinatura do contrato de concessão será na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo (SP). Até o momento, apenas uma empresa habilitada teria realizado o pagamento da outorga. (BNL Data


Painel Infra Mensal










Posts recentes

Ver tudo

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 13/06/2024

Destaques do Dia 13/06/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com ANTT recebe propostas para fazer alterações na concessão da BR-050: 

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 12/06/2024

Destaques do Dia 12/06/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com CGU e ICMBio debatem gestão das concessões em Unidades de Conservaçã

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 11/06/2024

Destaques do Dia 11/06/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Governo Federal anuncia investimento de R$ 5,5 bi para obras em univ

Comments


CONTATO
bottom of page