INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 09/08/2021

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Vitor Beserra Landim vitor.landim@vallya.com

Destaques do Dia SP abre consulta para Trem Intercidades em agosto: o projeto Trem Intercidades (TIC), que tem por objetivo conectar o centro da capital paulista a Campinas, começa a avançar em agosto. No dia 16, será realizada a primeira audiência pública e, no dia 17, será aberta a etapa de consulta que deve durar 90 dias. O governo paulista corre para realizar o leilão da concessão até a primeira metade de 2022, afirma Alexandre Baldy, secretário estadual de Transportes Metropolitanos. O TIC é um projeto bastante aguardado no setor. A previsão, ainda inicial, é que o contrato impulsione R$ 7 bilhões de investimentos, segundo Baldy. A ideia é fazer a licitação do trem em bloco, juntamente com a Linha 7-Rubi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Também pode ser agregada ao pacote a Linha 10-Turquesa. “Pedimos para o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento, que está estruturando o projeto) estudar essa possibilidade”, afirmou. O TIC ainda depende da aprovação da renovação antecipada do contrato da MRS, concessionária que opera uma malha ferroviária federal. Em troca da prorrogação contratual de mais 30 anos, a companhia deverá fazer a segregação das linhas destinadas a carga e a passageiros - que hoje são compartilhadas. Embora o processo ainda não esteja concluído, o governo paulista avaliou que, como há uma autorização expedida para a obra, já é possível iniciar o processo de concessão do TIC. (Valor) Governo entrega projeto de concessão do Porto de Vitória ao TCU: o Governo Federal enviou ao TCU (Tribunal de Contas da União) o projeto de concessão do Porto de Vitória (ES), administrado pela Codesa (Companhia Docas do Espírito Santo). O comunicado foi feito pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. A concessão da Codesa está prevista para acontecer no 1º trimestre de 2022. O edital do leilão será divulgado após análise do TCU, que será feita, segundo o governo, ainda em 2021. Segundo o comunicado do ministro, o leilão “inaugura [uma] nova era do setor” e abre espaço para desestatização do Porto de Santos (SP). Isso porque a estruturação do projeto de desestatização da Codesa servirá como base para o projeto do Porto de Santos. O consórcio que vencer o leilão de concessão terá de realizar investimentos de R$ 1 bilhão. A duração do contrato é de 35 anos, que pode ser prorrogado por mais 5 anos. Os estudos de desestatização tiveram início em novembro de 2020. O Porto de Vitória teve o 1º semestre de 2021 com o melhor resultado dos últimos 10 anos de movimentação de carga e crescimento de 30% em relação ao mesmo período de 2020. Segundo o governo, a concessão tem como objetivo modernizar a gestão portuária, atrair investimentos e melhorar a operação do setor. (MSN)

Outras notícias

  • O novo programa de concessão de rodovias no Rio Grande do Sul foi tema de reunião na sede da Casa Civil, provocada pelo Ministério Público estadual (MPRS). Segundo o procurador-geral de Justiça do Estado, Marcelo Dornelles, a intenção da instituição é contribuir na mediação de questões ainda não pacificadas envolvendo o programa. “Nosso objetivo é fazer uma interlocução propondo a discussão de alguns pontos de conflitos identificados pela instituição e, desta forma, contribuir para o avanço nos debates”, explicou o PGJ, destacando que não é intenção do MP discutir o modelo de pedágio. “Não cabe ao MP interferir ou defender um modelo específico, mas é importante a questão da legalidade, ouvir a comunidade e analisar alguns adendos aos contratos, que são muito longos, e também prever alguma avaliação temporal para que não se fique amarrado por uma decisão, tomada hoje, por tanto tempo”, completou. (Jornal Ibia)

Painel Infra Mensal


Painel Infra Semanal


Painel Apple


Painel Google


Referências

  • SP abre consulta para Trem Intercidades em agosto (valor.globo.com)

  • Licitação dos pedágios do Paraná vai incluir “rodovias que perdoam”; entenda o conceito (gazetadopovo.com.br)

  • Mogi Guaçu rejeita pedido de impugnação da Expresso Charqueadas e mantém licitação do transporte para segunda-feira (09) (diariodotransporte.com.br)

  • O pedágio no Paraná e as eleições de 2022. Tudo a ver (paranaportal.uol.com.br)

  • Audiência Pública sobre a PPP Mercado Municipal é transferida para o dia 26 de agosto (primeirahora.com.br)

  • Ação milionária em Joinville sobre concessão da água pode ter decisão em 2021 (nsctotal.com.br)

  • Pedágio nas rodovias estaduais só será cobrado 1 ano após concessão (jmonline.com.br)

  • Presidente do Codevat ressalta importância de novas audiências para discutir programa de concessão das rodovias Estaduais (independente.com.br)

  • Trecho da PR-445 terá pedágio em nova concessão no Paraná (estradas.com.br)

  • Governo entrega projeto de privatização do Porto de Vitória ao TCU (msn.com)

  • Presidente do Codevat ressalta a importância de novas audiências para discutir programa de concessão de rodovias RS (independente.com.br)

  • Estado projeta redução de 50% nas tarifas dos pedágios com nova concessão, diz secretário (diariodonoroeste.com.br)

  • MP do Estado discute programa de concessão de rodovias (jornalibia.com.br)

Copyright © Vallya 2021, Todos os direitos reservados.

Posts recentes

Ver tudo

Infraestrutura em Destaque 25/11/2022 Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Destaques do Dia TCU aprova processo de concessão do Par

Infraestrutura em Destaque 24/11/2022 Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Destaques do Dia DNIT abre licitação de obras de sinaliza

Infraestrutura em Destaque 23/11/2022 Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Destaques do Dia Edital de concessão do Cais Mauá passa p