top of page

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 09/04/2024

Destaques do Dia

09/04/2024

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com


Governo Federal recebe quatro propostas de concessão da BR-040: Ontem (08), o leilão de concessão da BR-040, entre Belo Horizonte e Juiz de Fora (MG), recebeu a proposta de quatro grupos. De acordo com fontes do mercado, deverão disputar a concessão a CCR S.A, a EPR– formada pela Equipav e Perfin, um consórcio liderado pela Azevedo & Travassos e o consórcio Vetor Norte. Na disputa, vencerá o grupo que oferecer o maior desconto sobre a tarifa de pedágio. Ao todo, estão previstos R$ 5 bilhões em obras, além de custos operacionais estimados em R$3,53 bilhões, considerando toda a vigência do contrato que é de 30 anos. Atualmente, a EPR opera três concessões estaduais de rodovias em Minas Gerais, recentemente conquistadas, o que favorece o interesse em uma nova estrada na mesma região. A CCR por se tratar de uma concessionária referência no segmento já era esperada. Já os dois outros consórcios são uma novidade para o setor. A Azevedo e Travassos é uma tradicional construtora, com ações negociadas na Bolsa de Valores (B3), mas que nunca operou rodovias. A ausência da Ecorodovias é uma surpresa, pois a concessionária estudava a região. Apesar do fracasso no último leilão, em que a rodovia BR-381 fazia parte da concessão. O interesse pela BR-040 era esperado, em função das alterações do projeto inicial. Agora, o projeto tornou-se bastante atrativo, pois consiste em trecho da rodovia com tráfego consolidado e baixo risco de demanda. O projeto torna-se emblemático por ser parte da relicitação da Via 040, concessão da Invepar, que está em processo de devolução. A empresa tenta devolver a concessão desde 2017, mas só em 2020 conseguiu firmar o contrato de relicitação. (Valor Econômico


Governo de São Paulo considera a concessão das linhas de trem e metrô: Nessa segunda-feira (08), durante o anúncio de elaboração do projeto da futura estação ABC, na Linha 10-Turquesa da CPTM, o Governo do Estado de São Paulo, por meio do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), informou que estuda a concessão de linhas do Metrô. Segundo o governador, a Linha 2 - Verde poderá ser concedida junto com a nova Linha 19 - Celeste, conectando futuramente as estações Anhangabaú e Bosque Maia. Outra opção seria conceder a Linha 3-Vermelha juntamente com o projeto da Linha 16 -Violeta. Os projetos básicos ainda estão em processo de elaboração. Freitas não deu prazos para o leilão, e citou que outras linhas em conjunto, que poderão ser repassadas à iniciativa privada. A ideia é repassar uma linha antiga com uma linha nova metroviária. O planejamento do novo ramal define a conexão com as linhas 1-Azul, 2-Verde, 4-Amarela, 15-Prata, 19-Celeste do metrô, e com as linhas 10-Turquesa e 14-Ônix dos trens metropolitanos. (Mobilidade Sampa)  


Indicadores apontam redução no consumo de energia elétrica em fevereiro de 2024:  De acordo com os dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o uso de energia elétrica em fevereiro deste ano, em relação ao mês imediatamente anterior, apresentou uma redução de-0,87%. A queda da performance do indicador foi puxada pelo segmento Outros (-3,15%), seguida pela redução no consumo Residencial (-1,26%) e Comercial (-0,14%). Por outro lado, o setor Industrial apresentou variação positiva de +0,31%, revertendo as duas quedas anteriores. Já em relação ao mesmo período de 2023, foi identificado o crescimento de +7,96%, com crescimento do consumo de todos os segmentos: Residencial (+11,12%), Comercial (+8,83%), Industrial (+6,51%) e Outros (+3,45%). No acumulado do ano, quando comparado ao mesmo período de 2023, todos os segmentos monitorados apresentaram crescimento, com variação positiva de +8,54. A maior alta no consumo Residencial (+13,36%), Comercial (+9,54%), Industrial (+5,10%) e Outros (+5,05%). 


Outras notícias


  • Ontem (08), a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) rejeitou as alegações da Enel Distribuição São Paulo (Enel SP) e manteve a multa de R$ 165,8 milhões aplicada à companhia por conta do blecaute de grandes proporções ocorrido no dia 03 de novembro. Segundo o relator do caso, a concessionária chegou a pedir a anulação do auto de infração aplicado pela agência e também a redução do valor da penalidade, assim, os dois pleitos foram negados. No recurso apresentado à agência reguladora, a Enel SP argumentou que a fiscalização realizada não constatou problemas de manutenção dos equipamentos. Ao votar pela rejeição do recurso, o diretor da Aneel, Hélvio Guerra, em sua decisão declarou a falta de capacidade da empresa de restabelecer o serviço para a população em menor prazo. (Valor Econômico

  • Amanhã (10), o Governo do Rio de Janeiro divulgará, no Diário Oficial, a classificação da segunda fase do processo de concessão do Estádio do Maracanã. Nessa etapa, realizada no dia 05 de março, os interessados entregaram as propostas técnicas para comandar o complexo. Agora, deverão apresentar os projetos financeiros, numa etapa que será finalizada no dia 30 deste mês. A previsão da gestão de Cláudio Castro (PL) é que o processo possa estar finalizado no próximo mês. O contrato terá duração de 20 anos e prevê, até o fim da concessão, investimentos de cerca de R$ 186 milhões. Disputam o comando do estádio três proponentes: Maracanã para Todos– formado pelo time Vasco e a WTorre Entretenimento e Participações, Fla/Flu– composto pelos times esportivos Flamengo e Fluminense) e a empresa RNGD Consultoria de Negócios. (O Globo

  • A Loteria do Estado de Minas Gerais (LEMG) cancelou pela segunda vez a Concorrência Pública Internacional para contratação de empresa para exercer as atividades operacionais inerentes à exploração e operação dos jogos de Loterias em Sistema On Line/Real Time. De acordo com LEMG, a entrega dos envelopes, marcada para esta hoje (09) e a sessão de abertura das propostas agendada para amanhã (10) foram canceladas. O motivo seria a necessidade de realizar ajustes no edital, após acatar a impugnação nº 05, do dia 05 de abril de 2024. Assim, novas datas deverão ser divulgadas em breve. O pedido de impugnação foi realizado pelo Consórcio Mineira da Sorte Loteria. (BNL Data

Painel Infra Mensal












Posts recentes

Ver tudo

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 23/05/2024

Destaques do Dia 23/05/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Ministério da Casa Civil destaca importância da iniciativa privada a

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 22/05/2024

Destaques do Dia 22/05/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Governo Federal publicará decreto que regulamentará contratos de con

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 21/05/2024

Destaques do Dia 21/05/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Novo contrato de concessão da Sabesp é aprovado: Ontem (20), os muni

Comments


CONTATO
bottom of page