top of page

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 30/11/2023

Destaques do Dia

30/11/2023

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com


Perfin planeja investimentos de R$ 2 bi em infraestrutura: A gestora Perfin planeja levantar R$ 2 bilhões junto a investidores brasileiros para ampliar sua atuação no setor de infraestrutura, segundo a diretora de operações, Carolina Rocha. Recentemente, o grupo iniciou a captação de recursos com a meta de chegar a R$ 1 bilhão, a perspectiva é que o valor aumente. A captação dos recursos deverá ir até abril de 2024, o fundo em estruturação é o Perfin Infra II. O prazo para a formação do portfólio é de cinco anos, já o prazo do investimento é de 11 anos. O foco da Perfin são quatro em segmentos: rodovias, saneamento básico, geração e transmissão de energia. Neste momento, a Perfin avalia entrar é no ramo de logística, possivelmente com estruturas de armazenagem ou portos, por exemplo. “Temos mapeado ativos no setor, estamos olhando há um ano. Em saneamento, por exemplo, estudamos por três anos antes de entrar. Mas é um segmento que já poderia entrar nos investimentos deste fundo”, afirmou a diretora. Hoje, o grupo possui R$ 9 bilhões de ativos de infraestrutura sob sua gestão. O setor tem uma participação relevante dentro da gestora, que totaliza cerca de R$ 29 bilhões sob gestão. Em saneamento, a Perfin também deverá manter sua parceria com a Aegea para estudar novos ativos, podendo participar de estudos da concessão da Sabesp. É provável, que o grupo também avalie projetos no segmento de fonte solar, gás natural e transmissão de energia. (Valor Econômico)


Auditoria pede a suspensão de licitação do Maracanã: A conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), Mariana Willeman, deu o prazo de 48 horas para o Governo do Estado do Rio de Janeiro e a Casa Civil se manifestarem a respeito da possívelsuspensão da licitação. O motivo para a deliberação é que o edital não cumpriu as determinações solicitadas em de agosto deste ano. Durante a fiscalização da licitação, identificou-se que não houve cumprimento de diversos pontos elencados pelo TCE-RJ. Entre as alterações, era necessário: (i) aprimorar o orçamento referencial, (ii) utilizar referências atuais para precificação dos investimentos, (iii) atualizar os valores de investimentos e reinvestimentos listados nos anexos do edital, (iv) evitar conflitos de interesses abstendo-se de outorgar à concessionária competência e metas de desempenho, entre outras questões a serem ajustadas. A Casa Civil confirma que recebeu, nessa terça-feira (28), a notificação para responder aos questionamentos do Controle Externo do TCE-RJ, mas alega que “a licitação passou por uma sequência de atos processuais, no sentido de garantir a legalidade do procedimento". Assim, informou que todos os esclarecimentos serão prestados à Corte de Contas dentro do prazo estabelecido, que será finalizado amanhã (30). A licitação permanece agendada para o dia 07 de dezembro, conforme o cronograma do edital. (Globo Esporte)


Outras notícias


• Em até 120 dias, o Tribunal de Contas da União (TCU) informou que julgará, uma proposta enviada pela ViaBahia para destravar os investimentos previstos para as rodovias administradas pela concessionária no estado da Bahia. Na última terça-feira (28), foi divulgada durante uma audiência pública da concessão da ViaBahia a solicitação referente aos investimentos. O processo ocorre após a concessionária ter sido alvo de reclamações, em razão do atual estado da rodovia BR-324 e da duplicação BR-116 não ter sido executada. Segundo o presidente da ViaBahia, José Bartolomeu, a concessionária ViaBahia pretende investir cerca de R$ 12 bilhões em obras. Se a obra for iniciada em julho de 2024, a duplicação seguirá um ritmo de 100 km nos primeiros três anos e, depois, 44 km por ano até 2034, prazo final da concessão. (Câmara Legislativa)


• Hoje (30), o Governo do Estado do Paraná, por meio da Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (Amep), lançou uma consulta pública referente à licitação do serviço de transporte coletivo Metropolitano de Curitiba, que compreende 29 municípios. A consulta, que segue por 15 dias, representa a primeira etapa da fase externa da licitação. Conforme estudos prévios, o contrato deverá ser de 12 anos, em que o futuro gestor deverá estabelecer uma frota de veículos que que responda aos quesitos de sustentabilidade ambiental. Entre outras características, todos os veículos deverão ser equipados com a tecnologia de Wi-Fi. (Agência de Notícias do Estado do Paraná)


• Nessa quinta-feira (30), a Prefeitura Municipal de Maringá (PR), lançou uma consulta pública sobre a concessão de uso do espaço do Hospital da Criança. O objetivo da concessão é selecionar uma empresa especializada que será responsável pela gestão do complexo hospitalar. A consulta será finalizada no dia 30 de dezembro, na sequência, no dia 10 de janeiro de 2024, uma audiência pública será realizada para apresentar o projeto de concessão. Após avaliar as sugestões e comentários referentes ao edital, o processo licitatório poderá ter continuidade. Os interessados devem consultar o edital e os demais documentos relacionados ao processo no site da prefeitura. (Maringá Post)


Painel Infra Mensal




Posts recentes

Ver tudo

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 27/02/2024

Destaques do Dia 27/02/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Governo Federal recebe propostas na licitação da Fiol II: Na última

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 26/02/2024

Destaques do Dia 26/02/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Infraestrutura deverá depender do setor privado este ano: Segundo u

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 23/02/2024

Destaques do Dia 23/02/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Governo do Mato Grosso do Sul fará concessão das rodovias do Leste d

CONTATO
bottom of page