INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 21/06/2021

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Vitor Beserra Landim vitor.landim@vallya.com

Destaques do Dia Distribuidora do Amapá vai a leilão sob incerteza : Uma das últimas distribuidoras de energia sob controle estatal no Amapá, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) tem leilão marcado para esta semana, na B3. Embora o ativo tenha despertado interesse de alguns grupos do setor elétrico, as perspectivas para o certame são incertas. Por se tratar de uma empresa altamente endividada, e com complexidades próprias, há dúvidas no mercado se realmente haverá uma proposta firme. O Valor Econômico apurou que dois grupos têm acessado o data-room com informações sobre a CEA: a Equatorial Energia e a Oliveira Energia, duas empresas que participaram do processo de desestatização das distribuidoras da Eletrobras e já detêm concessionárias na região Norte. Nos bastidores, existe um receio de que o leilão “dê vazio”, interrompendo uma trajetória de certames de sucesso conduzidos pelo BNDES. “A preocupação maior é com o desinteresse do mercado. Se porventura não aparecer ninguém, corre-se o risco de não conseguir tão cedo, porque não tem muito o que espremer”, afirma uma pessoa que acompanha o processo. Em entrevista recente ao Valor, executivos do BNDES avaliaram que a distribuidora amapaense tem, sim, condições de ter um leilão com competição. Além da oportunidade de “turnaround” (virada dos negócios) e do crescimento da demanda local de energia, eles destacam que a CEA oferece um diferencial: pode ser a porta de entrada para “utilities”, principalmente no setor de saneamento. Governo prevê lance mínimo de R$ 1 bi pelo Santos Dumont em leilão: O governo avalia que o setor aéreo só estará totalmente recuperado dos estragos da Covid-19 em meados de 2023. Em entrevista ao GLOBO, o secretário de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann, disse que a retomada será puxada pelos voos domésticos, influenciada principalmente pelo aumento no ritmo da vacinação. Com essa expectativa, o governo avança no processo de licitação do Santos Dumont, que deverá ir a leilão em maio de 2022, com lance mínimo na casa de R$ 1 bilhão, sem qualquer restrição — tanto em relação aos participantes do certame como em relação às operações do terminal, origem e destino dos voos, disse o secretário. O edital do leilão deverá ser colocado em consulta pública pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) na primeira quinzena de julho. O Santos Dumont será leiloado na 7a rodada de concessão do setor aeroportuário, com Congonhas e Belém. Quem arrematar o aeroporto levará também terminais regionais. No caso do aeroporto central do Rio, serão Jacarepaguá, Uberlândia, Uberaba e Montes Claros. (OGLOBO)

Outras notícias

  • A concessão do Cais Mauá, em Porto Alegre, será tema de três workshops nesta semana. Os eventos são organizados pelas secretarias de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) e de Parcerias (Separ) do governo do Estado, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e consórcio Revitaliza. Ao todo, estão programados cerca de dez workshops, entre junho e julho. O edital deverá ser publicado até o final do ano. (ClicPortela)

  • O edital de concessão de uso do Hospital Regional de Teófilo Otoni foi disponibilizado na sexta-feira passada (18/6). O documento está disponível para consulta no Portal de Compras MG. O envio de propostas vai até 6/8/2021. O processo licitatório será feito na modalidade concorrência, do tipo melhor técnica. Um dos pré-requisitos da proposta é oferecer no mínimo 60% dos serviços para atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS). A concessão de uso do imóvel terá duração de 25 anos, podendo ser renovada por mais dez anos. O vencedor terá permissão de uso dos equipamentos e todos os bens patrimoniais do imóvel. Em contrapartida, o vencedor deverá prestar serviços ambulatoriais e hospitalares de assistência à saúde aos usuários do SUS, de acordo com o percentual estipulado na proposta de trabalho enviada pelo Governo de Minas. (DRD)

  • Cinco trechos que passam por municípios da Zona da Mata poderão ser explorados pela iniciativa privada. A informação foi divulgada no início do mês após o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), assinar um decreto para transferir à iniciativa privada a administração de 19 ferrovias do Estado. De acordo com o Governo de Minas, a expectativa é atrair R$ 26,7 bilhões para o setor. Além disso, a exploração de linhas de menor extensão, conhecidas como “shortlines”, pode gerar mais de 370 mil empregos. O decreto regulamenta a Lei nº 23.748/2020 que prevê um plano estadual de transporte ferroviário. Conforme o Estado, a previsão é que as empresas interessadas poderão assinar contratos com validade de 25 a 99 anos. (G1)

Painel Infra Mensal


Painel Infra Semanal


Painel Apple



Painel Google


Referências

  • Distribuidora do AP vai a leilão sob incerteza (valor.globo.com)

  • BR-163, um modelo de concessão injustificável (valor.globo.com)

  • Governo vê recuperação total de voos só em 2023 (oglobo.globo.com)

  • Boa logística está entre os atributos de Minas para atrair investimentos (em.com.br)

  • Estudos de concessão para o manejo sustentável em cinco florestas têm início (aquiacontece.com.br)

  • Ferrovias da Zona da Mata poderão ser exploradas pela iniciativa privada (g1.globo.com)

  • Bertioga recebe R$ 2,3 milhões para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico (g1.globo.com)

  • Semana terá três workshops sobre a concessão do Cais Mauá (clicportela.com.br)

  • Distribuidora do Amapá vai a leilão sob incerteza (valor.globo.com)

  • Novo edital de licitação do Maracanã colocará à prova a parceria entre Flamengo e Fluminense (extra.globo.com)

  • Publicado edital de concessão de uso do Hospital Regional de Teófilo Otoni (drd.com.br)

  • Água, esgoto e despoluição das lagoas: os desafios ambientais da vencedora do leilão da Cedae na Baixada de Jacarepaguá (entornointeligente.com)

  • Recorde em concessões (gov.br)

  • Banco publica edital para escolher consultoria para relicitação da Malha Oeste (opantaneiro.com.br)

  • Plano de concessão de rodovias do RS prevê 22 praças de pedágios (jornaldoisirmaos.com.br)

Copyright © Vallya 2021, Todos os direitos reservados.

Posts recentes

Ver tudo

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 02/08/2021

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Vitor Beserra Landim vitor.landim@vallya.com Destaques do Dia Leilão de Aeroporto da Pampulha tem lance mínimo de R$9,8 mi e ao menos três interess

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 30/07/2021

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Vitor Beserra Landim vitor.landim@vallya.com Destaques do Dia Com leilão previsto para 2022, Santos Dumont prevê investimentos de R$ 1,3 bi: o consó

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 29/07/2021

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Vitor Beserra Landim vitor.landim@vallya.com Destaques do Dia TCU aprova a concessão da BR-262 e da BR-381: o Tribunal de Contas da União (TCU) apro