top of page

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 16/03/2023

Infraestrutura em Destaque

16/03/2023

Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Destaques do Dia Aeroporto de Passo Fundo (RS) deverá ser concedido à iniciativa privada: Ontem (15), o Governo do Estado do Rio Grande do Sul apresentou o plano de conceder as operações do aeroporto de Passo Fundo Lauro Kortz à iniciativa privada até o final deste ano. Atualmente, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), órgão vinculado ao Ministério de Portos e Aeroportos, é responsável pela operação do terminal. A expectativa é que em breve, sejam realizadas consultas e audiência pública para ajustar o projeto. O edital de concessão deverá ser publicado em junho, com período de dois a três meses para manifestação de empresas. É possível que o aeroporto de Santo Ângelo Sepé Tiaraju também faça parte do pacote. Os investimentos entre obras e operação pela iniciativa privada ao longo de 30 anos estão estimados em R$ 85 milhões para os dois terminais. Em reunião, o prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida (PSB), apontou as prováveis mudanças que serão feitas: Hoje, temos um aeroporto remodelado e moderno, necessário para o desenvolvimento de Passo Fundo e da região. A concessão será importante para a manutenção e ampliação do que já existe. Cabe ressaltar que a nossa urgência é com relação ao estacionamento e extensão de vagas, afirmou Almeida. O contrato, no valor de R$ 2,6 milhões mensais, com a Infraero será finalizado em abril. Neste momento, apenas duas companhias aéreas (Azul e Gol) operam nos terminais (GZH) Estado do Pará prevê leilão de saneamento até 2024: Ontem (15), o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), afirmou que planeja fazer até o primeiro semestre de 2024 o leilão de uma concessão de saneamento básico no Estado. A modelagem do projeto está em estudo pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “O modelo escolhido, em estruturação, é similar ao aplicado no Rio de Janeiro, em Alagoas, em que a Cosanpa foca na produção de água, preservando a estrutura da empresa, e faz um chamamento ao capital privado para a expansão de cobertura de água e de tratamento de esgoto”, disse o Barbalho, durante a coletiva de imprensa realizada a estrutura da empresa após o leilão rodoviário. O Pará foi impactado pelas novas exigências da lei do saneamento básico de 2020, uma vez que o marco legal determinou a regularização dos contratos das estatais e a comprovação econômico-financeira das empresas, que tiveram que provar que tinham capacidade para fazer os investimentos necessários à universalização. Desta forma, o Estado passou a ter dezenas de municípios com contratos irregulares, entre eles, o da capital Belém e de cidades grandes como Marabá, Ananindeua, Santarém, entre outros. Assim, o saneamento tornou-se um dos principais tópicos na agenda do governo. (Valor Econômico) Atualização do painel mensal aponta déficit na balança comercial em fevereiro de 2023: De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), no mês de fevereiro de 2023 houve déficit de -11,82% na balança comercial em relação ao mês imediatamente anterior, apontando uma desaceleração da economia.

No mês de fevereiro, o Brasil vendeu U$ 20,56 bilhões e comprou cerca de U$ 17,73 bilhões em mercadorias, em relação ao mês anterior representou, houve uma queda de -9,87% para exportações e a redução expressiva de dois dígitos para importações (-13,67%). Considerado o peso total das negociações em quilos, as exportações obtiveram uma redução de -12,24%, enquanto as importações totalizaram um decréscimo de -10,14%.


Já em relação ao mesmo período de 2022, o déficit foi de -0,54%, com destaque no para a redução nas exportações (-12,56%), considerando o volume houve um ligeiro aumento (+0,60%). Já para as importações, a redução foi observada tanto no peso (-4,71%) como no valor total (-6,13%).

Neste mês, o Brasil vendeu U$ 20,56 bilhões e comprou cerca de U$ 17,73 bilhões em mercadorias, em relação ao mês anterior representou, houve uma queda de -9,87% para exportações e a redução expressiva de dois dígitos para importações (-13,67%). Considerado o peso total das negociações em quilos, as exportações obtiveram uma redução de -12,24%, enquanto as importações totalizaram um decréscimo de -10,14%

Já em relação ao mesmo período de 2022, o déficit foi de -0,54%, com destaque no para a redução nas exportações (-12,56%), considerando o volume houve um ligeiro aumento (+0,60%). Já para as importações, a redução foi observada tanto no volume (-4,71%) como no valor total (-6,13%). Outras notícias

  • Hoje (16), a Prefeitura Municipal de Joinville (SC), por meio da Secretaria de Administração e Planejamento, publicou o relatório de avaliação e julgamento das propostas do Edital 335/2022, para Contratação de Empresa Especializada para Construção da Ponte Joinville. O processo licitatório não contou com vencedores, pois os consórcios participantes não entregaram parte da documentação. Após a abertura das propostas, a Comissão de Licitação identificou que um dos consórcios não havia apresentado a Garantia de Proposta – no valor de 5 milhões e, o outro faltou com a documentação necessária à comprovação de experiência prévia. Agora há um prazo legal de cinco dias úteis para a apresentação de recursos, caso não haja manifestação das partes, a Prefeitura iniciará o trâmite para a publicação de um novo Edital. (Prefeitura Municipal de Joinville)

  • Ontem (15), a Prefeitura Municipal de Caxias do Sul (RS) publicou a licitação da Parceria Público-Privada (PPP) para concessão de relógios eletrônicos digitais na cidade. O processo tem como objetivo a instalação, operação, conservação e manutenção de 40 relógios, 18 câmeras de monitoramento e cinco pontos de WiFi. A publicidade nos equipamentos será exclusiva da futura concessionária dos relógios. A abertura dos envelopes das propostas será no dia 14 de abril, às 9h. O valor de outorga será o critério de seleção para a licitação, sendo a proposta de maior valores a vencedora do certame, o contrato terá duração de 20 anos. (GZH)

  • Hoje (16), foi publicado no Diário Oficial da União a homologação do resultado da concessão do Canecão para o consórcio vencedor do leilão, que foi realizado no começo do mês passado. O vencedor do processo foi o consórcio Bônus-Klefer, formado pelas empresas Bônus Track Entretenimento e Klefer Produções e Promoções. A oferta pelo equipamento foi no valor de R$ 4,35 milhões, assim, a nova concessionária obteve o direito de usar o espaço, que pertence à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pelos próximos 30 anos. Agora, o consórcio vai gerir o local, onde deve demolir em breve a antiga estrutura e construir novos locais, incluindo um espaço cultural multiuso, equivalente ao antigo Canecão, e uma área chamada Espaço Ziraldo. (G1)

Painel Infra Mensal

Painel Infra Mensal

Copyright © Vallya 2023, Todos os direitos reservados.

Posts recentes

Ver tudo

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 26/02/2024

Destaques do Dia 26/02/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Infraestrutura deverá depender do setor privado este ano: Segundo u

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 23/02/2024

Destaques do Dia 23/02/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Governo do Mato Grosso do Sul fará concessão das rodovias do Leste d

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 22/02/2024

Destaques do Dia 22/02/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Estados podem ampliar projetos de PPP de presídios: Os governos esta

CONTATO
bottom of page