top of page

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 20/02/2024

Destaques do Dia

20/02/2024

João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com

Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com


Leilões de transmissão de energia em 2024 devem movimentar R$ 22 bi em investimentos: O Governo Federal, por meio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizará novos leilões de transmissão este ano. O primeiro leilão, cujo edital já foi aprovado pela agência, será realizado em 28 de março, em que prevê a construção de6.464 km novas linhas. O governo licita a construção e manutenção de linhas de transmissão, subestações e outras infraestruturas para escoar a energia produzida pelas usinas até os consumidores. Assim, será leiloada a construção de infraestrutura de transmissão de energia em 14 estados, movimentando aproximadamente R$ 18,2 bilhões em investimentos no setor, além da criação de 34,9 mil empregos. O segundo leilão, previsto para o segundo semestre, terá cerca de R$ 4,6 bilhões em investimentos destinados a obras em sete estados. O edital ainda deverá passar pela consulta pública, para posteriormente ser liberado pela agência reguladora. A Aneel prevê a geração de 10,8 mil empregos com a construção dos 848 km de linhas e demais infraestruturas definidas previamente em edital. No ano passado, o leilão de transmissão com o maior número de investimentos foi realizado em dezembro, movimentando R$ 19,7 bilhões. O recorde anterior havia sido estabelecido ainda em 2023, como primeiro certame do ano, que contratou R$ 15,7 bilhões. (G1)


Leilão do Trem Intercidades de São Paulo atrai interesse de ao menos dois grupos: O leilão da Parceria Público Privada (PPP) do Trem Intercidades (TIC) de São Paulo (SP) a Campinas (SP), marcado para o dia 29 defevereiro, tem sido estudado por ao menos dois consórcios. Um dos grupos é liderado pela CCR e tem aAlstom comoumdosintegrantes. O outro grupo é composto pela chinesa CRRC e pela Comporte, da família Constantino, segundo informações divulgadas recentemente. Ao todo, estão previstos investimentos de R$13,5 bilhões no contrato de 30 anos, que tem como objetivo construir um trem de passageiros entre a capital paulista e o município de Campinas, passando por Jundiaí (SP). Parte dos recursos da PPP virão do concessionário privado e outra parte, do Estado. O valor desembolsado pelo governo no projeto dependerá do nível de concorrência da licitação, já que, na disputa, vencerá quem oferecer o maior desconto. Os interessados poderão propor deságios sobre dois valores que serão pagos pelo Estado: o primeiro são as contraprestações anuais, definidas como no máximo R$ 255 milhões por ano. Se for oferecido desconto de 100% sobre esse valor, a proponente poderá propor um desconto adicional sobre o aporte inicial do Estado, de até R$ 8,5 bilhões,que deverá ser pago logo no início da concessão. A CCR é apontada por analistas de mercado como forte candidata, dado que o grupo já opera diversos contratos de mobilidade urbana no estado, enquanto o consórcio da chinesa CRRC é percebido com desconfiança pelos principais analistas do setor. (Valor Econômico)


Outras notícias


• A Fundação Clóvis Salgado (FCS) e entidades do Governo do Estado de Minas Gerais, estão promovendo mais uma rodada de roadshow aos interessados em participar do projeto de concessão da Serraria Souza Pinto. O agendamento para participação no evento, que será realizado dia 1º de março, vai até quinta-feira (29), pelo e-mail: parcerias@infraestrutura .mg.gov.br. O evento faz parte da divulgação e apresentação do projeto de concessão destinado à revitalização do espaço. Segundo o cronograma, a abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas será em abril deste ano. Os proponentes deverão entregar, presencialmente, a documentação de credenciamento e os envelopes com as propostas no dia 20 de março, das 9h às 12h, no Protocolo Geral da Portaria do Palácio das Artes, localizado na Av. Afonso Pena, n° 1.537, Centro de Belo Horizonte. (BH Eventos)


• A empresa Dubai Port World, maior empresa do sistema portuário do Oriente Médio, vem acompanhando o processo de licitação para concessão do Porto de Itajaí (SC). Hoje (20), recebeu a visita da comitiva do Governo do Estado de Santa Catarina, assim, o governador do estado, Jorginho Mello (PL), empresários, secretários e parlamentares foram recebidos pelo vice-presidente executivo, Mohamed Al Muallem e diretores da empresa. A empresa privada integra um complexo, que atua em 80 países e movimenta mais de 3 bilhões de dólares ao ano, valor que representa 10% de todo o movimento portuário mundial. O grupo manifestou interesse em ampliar os negócios no Brasil, visando a venda de produtos da Zona Franca de Dubai, instalada da área portuária, e parcerias com empresas árabes no Estado. (ND+)


Painel Infra Mensal









Posts recentes

Ver tudo

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 19/04/2024

Destaques do Dia 19/04/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Governo Federal publica licitação para dragagem no Porto de Ilhéus (

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 18/04/2024

Destaques do Dia 18/04/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com Governo Federal prepara edital para concessão de rodovias em Minas G

INFRAESTRUTURA EM DESTAQUE - 17/04/2024

Destaques do Dia 17/04/2024 João Pedro Boskovic Cortez joao.cortez@vallya.com Alan da Mota Penteado Rafaini alan.rafaini@vallya.com ANTT realiza audiências públicas referentes à concessão de rodovias

Comentarios


CONTATO
bottom of page